google-site-verification: google084cdd21c0e55ce8.html
top of page

Gestão Doria planeja aumentar em 74% os gastos com publicidade do governo de SP em 2021

Despesa tem como objetivo divulgar obras e ações em SP; tucano quer concorrer à Presidência em 2022


O governo João Doria (PSDB) prevê aumentar em 74% os gastos com publicidade institucional em 2021 em relação ao projetado para 2020.


Na proposta orçamentária enviada à Assembleia Legislativa, a administração paulista prevê R$ 153,2 milhões em Comunicações para 2021. Na lei orçamentária do ano anterior, eram R$ 88 milhões.


A publicidade institucional tem como objetivo divulgar atos, obras e programas do governo. "Na história de ajuste fiscal, o que o Doria queria mesmo era cortar para sobrar dinheiro para propaganda", diz o deputado Paulo Fiorilo (PT).


O petista faz referência ao projeto de lei enviado pelo governo Doria, aprovado na semana passada na Alesp, que estabelece aumento de impostos e extinção de autarquias sob o pretexto de enxugamento de gastos públicos.


O tucano pretende ser candidato à Presidência em 2022.


A secretaria de Comunicação de São Paulo afirma que "o montante total aplicado em 2020 é o menor dos últimos 11 anos" e que "o investimento previsto para o próximo ano está abaixo da média de R$ 256 milhões do mesmo período".


Acrescenta que a reserva orçamentária será "primordial para apresentar as oportunidades que o estado oferece para atrair investimentos, alavancar a recuperação econômica e gerar emprego e renda para a população" e que a Alesp tem total autonomia para aperfeiçoar a proposta de valor do Executivo.

 

Comments


background dr. jorge do carmo.png

Mandato popular
que SP precisa!

foto oficial dr. jorge.png
bottom of page