google-site-verification: google084cdd21c0e55ce8.html
top of page

SP projeta entre 30 mil e 36 mil mortes por covid-19 até o fim de agosto


O governo de São Paulo projeta que o estado deverá ter entre 30 mil e 36 mil mortes por covid-19 até o dia 31 de agosto. Em relação aos casos, a estimativa é que o mês vai fechar entre 835 mil e 970 mil pessoas infectadas. Os cálculos foram apresentados hoje pela Secretaria estadual de Saúde.

A projeção da curva da pandemia é atualizada pelo governo de São Paulo a cada 15 dias. A estimativa anterior apontava um intervalo entre 26 mil e 31 mil mortes causadas pelo coronavírus. O número final foi 26.899 óbitos, próximo a borda inferior.

O Centro de Contingência avalia que a situação é de estabilidade na curva da pandemia em São Paulo, mesmo com a abertura gradual das atividades econômicas. Na semana passada, a média móvel de mortes fechou em 252, diante de 254 na semana anterior.

Em relação a uma possível segunda onda, o secretário-executivo do Centro de Contingência, João Gabbardo, disse que os países que apresentam esta situação tiveram uma retomada com regras menos rígidas que o Brasil. Ele citou a França, onde somente agora é discutida a obrigatoriedade do uso de máscara.

O secretário estadual de Saúde, Jean Gorinchteyn, declarou que a população do estado ainda está colaborando e o isolamento social está em 43%, mesmo com a retomada gradual da economia. Ele também disse que a estrutura de saúde voltada à covid-19 foi mantida.

 

background dr. jorge do carmo.png

Mandato popular
que SP precisa!

foto oficial dr. jorge.png
bottom of page